A TURMA QUE NÃO ESCREVIA DIREITO

A TURMA QUE NÃO ESCREVIA DIREITO

Autor(es):
Weingarten, Marc
Editora:
RECORD
Código:
WE5047

De: R$ 84,90 Por: R$ 67,92 À vista: R$ 67,92

Comprar

Disponibilidade sujeito a confirmação em nossas filiais.


O prazo para confirmação de estoque em nossas lojas é de 3 dias úteis + o prazo de entrega da transportadora.




Em caso de indisponibilidade: Prazo para encomenda do produto com nossos fornecedores 15 dias úteis + o prazo de entrega da transportadora.

Disponibilidade sujeito a confirmação em nossos fornecedores.

Calcule o frete e o prazo de entrega:PrazoValor

Entre as décadas de 1960 e 1970, rachaduras rompiam o tecido social e o mundo estava fora de ordem. As ferramentas tradicionais do jornalismo eram inadequadas para descrever as tremendas mudanças culturais e sociais norteamericanas: guerra, assassinato, rock, drogas, hippies, Nixon. Como um tradicional repórter restrito aos fatos podia ousar dar uma ordem clara e simétrica a tamanho caos? Como o clássico lead de quem-quando-onde-por que podia dar conta de toda essa efervescência? Mas um grupo de escritores surgiu aparentemente do nada para impor algum sentido a toda aquela confusão americana. Tom Wolfe, Jimmy Breslin, Gay Talese, Hunter S. Thompson, Joan Didion, John Sack e Michael Herr apareceram para contar histórias que ninguém mais tinha coragem de escrever. Histórias sobre como a vida estava sendo vivida. E se tornaram arautos - e até mesmo a consciência moral - de uma era: os novos jornalistas. A TURMA QUE NÃO ESCREVIA DIREITO, de Marc Weingarten, resgata as aventuras por trás das apurações, os brainstormings que originaram as pautas. A ruptura cada vez maior entre os repórteres tradicionais e os parajornalistas, profissionais da notícia que passaram a pensar como romancistas. As histórias por trás das histórias que mudaram a maneira de seus leitores verem o mundo. Reportagens que fazem parte do melhor jornalismo do século XX, fluxo sem precedentes de não-ficção criativa. Weingarten passeia pelos bastidores dos encontros entre editores e revistas que ajudaram esse movimento a crescer e conta os segredos de Harold Hayes, da Esquire, Clay Felker, da New York, e Jann Wenner, da Rolling Stone. A luta travada entre a autoridade factual do jornalismo e a licença atmosférica da ficção. Um jornalismo que se lê como ficção. Uma época ótima para revistas e jornais, uma era pré-TV a cabo, pré-internet, em que a mídia impressa reinava soberana sobre leitores instruídos e cultos. "O autor compreende e revela como surgiu uma nova maneira de fazer reportagem." Booklist "Uma boa leitura." Publishers Weekly

Código de barras:
9788501084361
Dimensões:
23cm x16cm x2cm
Edição:
1
Marca:
RECORD
ISBN:
9788501084361
ISBN13:
9788501084361
Número de páginas:
392
Peso:
602 gramas
Encadernação:
BROCHURA
  • Nome do Autor WEINGARTEN, MARC